Buscar
  • D'Paula Tecnologia e Capacitação

Modernidade vs Autoconhecimento

Atualizado: 7 de Nov de 2020

Vivemos em um mundo acelerado, que nos exige cada dia mais. E a forma como enfrentamos toda essa velocidade e mudança é intrigantemente contraditória à dita “era do compartilhamento”. Hoje as pessoas se fecham mais, vivem relacionamento superficiais e falsas emoções nas redes sociais, apresentando vidas que parecem perfeitas, mas que são mutiladas pelo abandono da própria consciência.

Em geral, existe um grande medo do silencio, quando estamos em casa sem companhia colocamos vídeos para tocar, musicas, ligamos a tv, só para que não exista silencio e consequentemente, para que não fiquemos sozinhos com nossa própria consciência.

Pior do que não conhecer as pessoas que convivem com você, é não conhecer a si mesmo, e infelizmente, hoje vivemos o tempo onde conhecemos milhares de pessoas, mas, desconhecemos nosso próprio pensamento, nossas emoções e reações.

Existe um grande medo do ócio, de ficar sem o que fazer, da monotonia. Veja, por exemplo, quando falta energia e o celular descarrega, muita gente beira a loucura, muitas até vão para a casa de um conhecido onde a energia não tenha caído.

Tudo isso, todo este medo de enfrentar nosso próprio “eu” tem criado um momento de pandemia de doenças psiquiátricas, pessoas com a mente adoecida e com as emoções moribundas beirando à morte.

Em um cenário como este, o único recurso e o autoconhecimento, entregar se a monotonia, ao ócio de maneira consciente, tire ao menos 20 ou 30 minutos do seu dia. Use este tempo para revisitar suas experiencias do dia, tente entender porque uma determinada situação te deixou irritado, porque uma palavra te entristeceu. Não descarte as críticas, faça uma auto analise, ainda que a pessoa tenha sido maldosa, pode haver uma pequena fagulha de verdade em sua crítica.

O começo do autoconhecimento não é agradável, mas, é reconfortante entender como você reage ao mundo. Você só e capaz de gerenciar aquilo que você conhece, logo, se você não conhece como sua própria mente reage ao mundo, como poderá controlar seus impulsos?

Como poderá proteger sua mente das críticas, das pessoas maldosas, das pessoas tóxicas?

Hoje eu te faço um desafio, compre um caderninho pequeno, ou pegue aquela agenda velha de 2012 que você nunca usou, e escreva nela as suas principais experiencias da semana, conte para você mesma como você reagiu, como se sentiu, o que despertou aquela situação.

Eu te garanto, dentro de poucos meses fazendo este exercício, você terá identificado muitas reações que te machucam e podem ser evitadas, e muitas alegrias que você deixa passar sem aproveitar.

Em tempo, busque com toda sua força conhecer a si mesmo, o conhecimento técnico, cientifico ou mesmo um livro literário podem esperar, agora sua saúde mental não deveria esperar nem mais um segundo para conhecer a pessoa maravilhosa que você pode se tornar.


Por: Lucas Davi (@lucasdavi_01)

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo